Dica do dia: SideCut



Primeiro um pouquinho de informação. Sidecut e Undercut são coisas distintas, muito distintas ao meu ver, seguem um mesmo princípio, raspar, mas resultam em visuais bem diferentes.

Esse estilo de corte pode ser tanto feminino como masculino, e surgiu por volta da década de 90 com o movimento punk onde era comum mulheres com  Undercut, raspando a nuca e deixando o resto dos cabelos compridos.


Bom, na minha opinião, o Undercut é feio, tosco, intoletavel e já disse que é feio? Juro que colocaram um pinico e rasparam em volta pra resultar em tamanha cagada, mas essa é só a minha opinião e eu tô aqui pra expô-lá e nõa pra ficar comparando um corte com o outro etc etc etc. Agora o trem é tão feio que não quero nem alongar a discução



Osidecut, por outro lado. Eu acho lindo, com certeza eu faria (pai, deixa?) e acho um corte mega estiloso e de atitude...
Ainda há uma certa polêmica para as pessoas que acham esse corte masculino se mulheres o aderirem mas, nesse caso, a opinião é de cada um.

O corte tem que combinar com o estilo da pessoa e ao ambiente que ela frequenta, exemplo: há escolas que não permitem cortes de cabelo muito chamativos, ou até mesmo mechas coloridas. É claro que a maioria das pessoas não quer se encaixar em um ambiente, mas se destacar nele.


Um Sidecut para uma garota meiga, estilo princesinha, com aqueles trejeitos de fragilidade acaba por não cair bem, agora se for adotada uma postura mais dominante, mais forte por parte da garota, a figura já começa a mudar de sentido, e o Sidecut pode até ser um aliado, confesso que acho garotas que assumem esta postura muito mais interessantes por assim dizer..


Famosas com sidecut:




O cabelo de uma mulher esta muito ligado com quem ela é realmente, e o estilo Sidecut denota uma posição mais autoritaria, independente e forte, isso pode fazer com que alguns homens sintam-se desconfortáveis. BUT, eu não ligo pra iss
o.

Agora um parenteses, um tanto quanto pessoal;


SIDECUT/UNDERCUT pode em cabelos crespos? Bom, eu tenho o cabelo um tanto quanto, crespo. E tenho muita vontade de fazer esse tal corte. Ai falei com meu pai ele disse que se não fosse muito exagerado ele nem ligava mas como tenho o cabelo ruim, ia ficar estranho. Ai pesquisei sobre e encontrei várias opiniões diferentes, de vários hairstylists. Essas opiniões diferentes têm um ponto em comum, como afirma Nando Ardessore, do L’Officiel lll: “A garota precisa ter atitude para segurar um corte como esse”.


Se você discorda, tem um cabelo volumoso e crespo como o meu por exemplo, a solução é simples: basta fazer o sidecut de forma que a outra parte do cabelo possa cobri-lo. Assim, quando você quiser que ele apareça, basta alisar o cabelo com chapinha. Quando quiser escondê-lo, assumir os cachos naturais não vai piorar a situação. (Agora vou convencer meu pai disso, aguardem heheh)
O único problema é a raiz: se você a alisa e não a retoca, ela tende a ficar bem volumosa e chamativa. Se pretende fazer o sidecut e alisa o cabelo em intervalos muito grandes, ele tende a mostrar ainda mais ainda sua raiz.
Em resumo: não importa o seu tipo de cabelo. Você pode fazê-lo sem medo, mas a dica é consultar um bom profissional, explicar direitinho o que quer, para não ter nenhum tipo de erro e te auxiliar.

Aprenda a fazer:


Inspire-se
















E ai, gostou? Tem uma opinião diferente, faria o corte? Deixe nos comentários sua opinião. ;)

Me salva da vida sem você


Sabe o que eu fiz essa madrugada? Pensei em você, como de costume, é claro.
Mas peguei todas nossa cartas que à algum tempo atras nos enviávamos  Li uma por uma, olhei foto por foto, lembrando de cada um daqueles momentos, rezando pra quando amanhecer eu perceber que tudo isso não passou de um pesadelo terrível e que quando eu abrir os olhos, mesmo coma visão toda embaçada vou ver sua mensagem no celular, dizendo: "Bom dia, princesa. Dormiu bem? Já tô aqui na escola. Eu te amo." mas acho que não é assim que a banda toca né? Acho que não é mais assim que os nossos dias vão começar, a angustia, começa aí...
Lendo todas aquelas cartas com promessas de "para sempre" "mulher da minha vida" "labrador comeu meu sapato preferido" e "acordar nos seus braços todos os dias", me pergunto porquê deixamos chegar a esse ponto de nos tratarmos como meros desconhecidos, como se não tivéssemos passados juntos a melhor noite das nossas vidas?!
Como se "aquela briga de sábado"  não tivesse sido resolvida depois de uma festa, nos dois, um banho, alguns beijos, umas bobagens sussurradas ao pé dou ouvido e beijo de bom dia antes mesmo de abrirmos os olhos.
Nos tratamos com indiferenças, sabendo que nossas maiores brigas eram pra escolher "o sabor da calcinha" aquele dia no parque, ou porque você não aceitava eu pagar a conta.
Por que deixamos chegar a esse ponto?
Tínhamos tudo pra dar certo, nos completávamos como ninguém  Eu dominando as "humanas" e você as "exatas", eu fotografa e você minha maior fonte de inspiração, meu modelo favorito. Eu correta (ate demais) e você minha dose diária de perdição.
O modo em que nossos beijos se encaixam é sobrenatural, o jeito que nossos abraços encontram o eixo perfeito um no outro, o jeito em que sabíamos exatamente o que fazer, sem ao menos uma palavra ser dita, somente no olhar (as vezes nem isso). Como aquela vez, que tirei o cinto de cima da blusa apenas por que você parou de me beijar. Engraçado, não? Nos conhecemos como ninguém, sabemos (ou sabíamos)  tudo um do outro, nos entendiamos num olhar. Eramos um casal, que, nenhum outro, jamais vai ser.
Pecamos quando deixamos cair na mesmice, cair na rotina, tchau cartas, tchau surpresas, tchau arrepios, tchau coração na boca, tchau festas, tchau bebidas. Olá mesmice.
Começamos a esquecer certas qualidades, paramos de nos elogiar, começamos a ressaltar os defeitos, que, a um tempo atras, eram imperceptíveis.
Pecamos, quando fingimos não ver certas coisas por simples "comodismo" mas por que?
Lendo tudo isso, sera que você sentiu a mesma saudade que eu? Então volta e me salva da vida sem você. Volta a ser o motivo dos meus sorrisos, volta ser o meu refugio, volta a ser minha paz, volta a ser meu. Traz de volta o amor, sem rancor, sem dor. Se traz por inteiro pra mim?
Não finge que nada que passamos simplesmente morreu ai dentro de você, não mente pra si mesmo dizendo que onde havia sentimentos, hoje se encontra o vazio. Deixa eu ter transbordar com meu clichê, deixa eu te arrepiar com meus sussurros  deixa eu te hipnotizar, aquela cara que costumo fazer só pra te atiçar. Me faça sua, mais uma vez.
Me salva da solidão e do frio que sua ausência me causa.
Me desculpe mais uma vez, por colocar nossa historia no papel, mas foi bonito demais pra ignorar e (ou) guardar isso só pra mim...
Mas eu tinha que te mostrar que pra mim, essa historia não termina com um ponto final, mas talvez, com reticencias, pra você voltar e escrever um novo paragrafo, um novo final pra nós.


Com amor, aquela que à alguns dias era a "mulher da sua vida"

Leia isso, idiota


Quer saber como ela está? Está bem, bem ais auto-confiante, mais segura de si, perdeu aqueles quilos que sempre a incomodaram. Agora ela fala inglês, academia e é formada. Conheceu um cara legal, com musculos definidos e um papo intelectual. Pintou o cabelo de preto, mais uma vez. Ela diz que fica mais provocante e combina mais com aquele batom vermelho.

Ah você ainda está lendo? Quer saber como ela se sentiu?
Ouvi dizer que ela se sentiu enganada, iludida, quebrada, pisada, trocada, suja, descartavel. Ouvi dizer que durante uma semana ela chorou, durante uma semana, pegou todo esso peso que sentia e transformou em força. Se reergueu sozinha. Levantou a cabeça. E foi. 

Recuperou o amor proprio, começou a ser dependente de si mesma. 
Perdeu uns quilos, ganhou autoestima. Perdeu você, mas se ganhou.

Ah e quanto ao cara que ela conheceu?
Ele é gay, não se preocupe.
Ainda é com você que ela sonha todas as noites, em construir uma vida. Mas agora ela se ama primeiro de te amar.

C(o)m amor, aqu(ela) sua amiga, (de todos os textos)

2013 e algumas promeças


  1. Ser mais dedicada nos estudos (tanto nos cursos, quanto na escola)
    Bom, eu sou uma pessoa totalmente despreocupada quando o assunto é estudos, deixo tudo sempre para a ultima hora, faço de qualquer jeito e no final do ano, tenho que ficar contando, somando implorando e correndo atrás de pontos. Espero que esse ano seja diferente.
  2. Levar o blog mais a serio
    Acho que esse item não preciso nem comentar. Ate por que já esta sendo colocado em pratica,
  3. Perder alguns (bons) quilos
    Então, sobre meu peso. Nunca fui uma pessoa conformada com o peso, ou era magra demais ou gorda demais, mas porém,  sempre fui muito alta então...Hoje peso por volta de 60kg mas Estão bem distribuídos nos meus 1,74 de altura. Mas pretendo chegar aos 56kg que é o meu normal
  4. Deixar a unha crescer.
    Entãaaaaao, odeio falar sobre isso, morro de vergonha mas vamos lá. Tenho um habito horrivel de roer unhas, minha mão fica horrorosa, soltando pelinhas e etc... Então, compre uma daquelas bases com gosto ruim pra tentar abandonar esse habito, tem funcionado, então, esperança de unha grande em 2013
  5. Levar a fotografia a serio
    Tenho visto a fotografia ultimamente como um Hobbie  e esse ano eu quero me dedicar mais, aprender novas técnicas e começar a trabalhar mesmo, ganhar minha independência com isso.
  6. Me relacionar mais com as pessoas.
    Costumo ser muito fechada, mas com quem convivo/conheço sou muito aberta, e vejo isso como um problema, quase não faço novos amigos e tal. E sou muito grossa também, então, to tentando melhorar.
  7. Aprender a dizer não
    Sou muito boazinha com as pessoas, estou sempre cedendo as vontades alheias, fazendo coisas contra minha vontade pra agradar. Esse ano, vou evitar, vou tentar mostrar que também tenho minhas vontades e minha maneira de fazer as coisas.
  8. Fazer uma viajem legal
    Bom, se tudo continuar dando certo na minha vida, no meio do ano devo ir pra Curitiba com alguém muito especial, talvez o "ele" dos meus textos, mas é segredinho. Vou visitar uma amiga e ela deixou a gente ficar na outra casa dela. Então, como julho faz um pouco de frio... NEVE! kkkkkkkkk
  9. Ser mais organizada
    Sou muito bagunceira, deixo minhas coisas tudo espalhadas e jogadas. Tenho que me organizar mais, e, pra isso comprei uma agenda, um calendario de mesa e tenho anotado tudo, além de não deixar minhas coisas (tão) bagunçadas ahuahuahua
  10. MAIS AMOR (PRÓPRIO) POR FAVOR!
    Sou muito intensa, muito apegada e muito sensivel ao mesmo tempo. Então, acabo esquecendo de mim pra cuidar dos problemas dos outros, to sempre tentado ajudar, sempre deixando as pessoas crescerem em cima de mim, e, acho que chegou a hora de me amar, antes de amar as outras pessoas, de me ajudar, pra depois ajudar as outras pessoas.
E então, qual seus desejos? Deixem nos comentários :p

Pra quem gosta: Musica Eletronica

Bom, biscates. Não podemos negar que a musica eletrônica tem invadido nossos dias, cada vez mais. Então, aproveitando a aproximação da rave "SUBSTANCE NIGHT PARTY "
resolvi contar um pouco da historia da musica pra vocês e claro, alguns sets. (Vamo botar pra fuder?)





Por sua história passou de uma vertente da música erudita (fruto do trabalho de compositores visionários) a um elemento da música popular, primeiramente bastante relacionado ao rock e posteriormente discernindo-se como um gênero musical próprio (principalmente relacionado com a música popular nos sub-estilos considerados dançantes tais como o techno, acid, house, trance e drum 'n' bass, desenvolvidos a partir do auge da música disco no final da década de 1970). Actualmente existem várias ramificações do estilo, tanto eruditas como populares.



Originalmente relutada por ter sua tecnologia evoluída muito mais rapidamente que sua estética, só passou a ter princípios e tradição após a Segunda Guerra Mundial, com o trabalho de franceses na música concreta e de alemães na Elektronische Musik.

Fonte: Wikipedia

Agora, vamo fritar aqui nesses set's biscates.












E ai, quem curtiu a primeira dica de musica aqui do blog? Deixe seu comentario aqui, e, nos indique também alguma musica, banda ou genero musical

Ei, idiota.




Talvez você nem leia isso sabendo que é só mais um sobre você, mas acho que preciso escrever isso já que me falta coragem pra dizer isso olhando em seus olhos, sei que as lagrimas tomariam meu rosto como estão fazendo agora, sei que a voz não sairia, mas ainda bem que posso escrever.

Ei, já fazem três anos em? Desde a primeira vez que te vi, e, confesso, acho que já era apaixonada por você desde aquele instante. Só não tinha coragem de assumir isso, seria só mais uma bobagem da minha cabeça. Quem dera fosse.
Eu queria saber o que se passa hoje em dia na sua cabeça, o que te levou a desfazer todas aquelas promessas que fizemos aquela vez no parque, aquelas frases feitas idiotas, que pra mim, fizeram todo o sentido e fizeram meu corpo tremer e meu coração pulsar de um modo, que sinceramente, ninguém jamais havia conseguido, lembro como se fosse hoje, a cara que você fazia quando vinha aqui em casa, o medo e a vergonha que sentia. Por que deixamos tudo isso acabar assim? Talvez, tenhamos nos desgastado mais do que deveríamos, não nos demos tempo para respirar, nos jogamos de cabeça, bom, eu me joguei né? Mas tudo bem, foi um desses mergulhas que arrepiam até as bochechas, um mergulho bom. Mas acho que ta na hora de sair da água não é?
Talvez, dessa vez, eu suma. Mas não de ficar longe, mantenho minha promessa de cuidar de você ate o fim dos tempos, mas acho que meu cuidado, terá que ser indireto. Por que caso eu me aproxime, não sei qual reação teria.
Você deveria deixar todo esse orgulho de lado, deixar de jogar com a cabeça. Amor, é jogo que se joga com peças iguais, jogamos com o coração, se permita fazer isso, digo, me permita jogar mais uma rodada com você? 
Ah, idiota, queria que soubesse mais umas coisas também...
Falar com você por cinco minutos, me faz sorrir um dia inteiro, sonhar com você, faz meu dia valer a pena, lembrar você, faz cada segundo da minha vida ter sentido.
E o que dói hoje, não é o que você fez de errado, e sim o que fez de certo. Então se culpe por, ter o melhor beijo de todos, o sorriso mais lindo, o olhar mais carente, o toque mais alucinante, a cara mais angelical enquanto dorme, o abraço mais aconchegante de todos, a voz mais hipnotizadora de todas e de me ter, tão facilmente.
Ei, se leu ate aqui, não me deixa desistir dessa historia não, me ajuda a criar um outro final, sem dor, sem rancor, só eu você um colchão no chão, um vídeo game e uma viajem sem rumo no fim de semana, vem e deixa ser só eu e você mais uma vez, deixa eu te levar a serio. E deixa eu rir de você enquanto fala serio.
Deixa eu ser a sua menina, mais uma vez?

Ah ps: esse não é só mais um dos meus textos, troca todos os chamativos pelo seu nome, que talvez você entenda melhor o que eu sinto.


Com carinho, você sabe quem ;)

Querido diario...



Olá diário,  já faz um tempo que eu não venho te contar do meu dia... Não tenho feito nada muito fora do comum mesmo. Mas hoje, senti falta de me dividir com você. Então vim aqui pra ver se falando com você, desato esse nó que esta na minha garganta.

Bom, diário  Você sabe né? Hoje faz um mês que ele se foi. Mas ainda sinto o toque dele todas as noites - quem dera,  era só o meu cobertor. Ainda ouço ele batendo na minha janela, como ele fazia quando esquecia as chaves - bem que podia ser, não me importaria de acordar de madrugada se fosse para tê-lo mais uma vez. Mas esse barulho é só a arvore que insiste em bater na janela.
Ainda sinto o cheiro do perfume favorito dele, quando abro as portas do guarda-roupa que um dia guardava as roupas dele e hoje, guarda meus casacos eles quebram um pouco do gelo que a ausência dele me causa.
Bom, diário  acho que nenhuma dessas coisas façam sentido pra você - até mesmo pra mim. Mas talvez você entenda o por quê d'eu estar te contando tudo isso logo hoje.

Eu o vi, com sua namorada (e por mais que eu deteste admitir, ela é realmente muito bonita).
Tentei desviar o caminho logo que o vi, mas já era tarde de mais, assim que me virei, ouvi aquela voz rouca gritando meu nome: "Stela, é você?" Me virei e fui até lá cumprimenta-ló  - fui como se meu coração não estivesse em pedaços, fui como se nada tivesse acontecido, fui até lá como se meu travesseiro não abafasse meus gritos e lagrimas todas as noites. 
O abracei, e durante aquela fração de segundos, me senti viva mais uma vez.  Vi que o abraço dele ainda provoca em mim, aquelas mesmas sensações de antigamente. Até mais, me faz sentir viva, mesmo não tendo mais vida longe dele.


...


Ah, me desculpe, diário  Perdi a linha de raciocínio lembrando do quanto o abraço dele ainda é quente e apertado, da maneira que eu era viva ao lado dele. Mas estou tentando sobreviver longe disso.
Mas diário, o que me dói é lembrar que todo dia 15, me leva pra um mês de distancia daquele que me mantinha viva.



Então "di" por hoje acho que é só :'(
Com amor, Stela.

Invadindo o mais intimo de mim




Olá meninas ;)


Hoje vim aqui sair da rotina dos posts, vou mostrar pra vocês o meu quarto haha, lá é onde eu passo a maior parte do tempo, é pequeno, meu computador não fica lá, mas ficar por lá, me faz bem. HAHAHA


Bom, minha cama normalmente tá sempre bagunçada então vou confessar que só arrumei pra fotografar UHUAHSUAH, ah e embaixo dela, tem duas gavetas onde eu guardo meus sapatos queeeeeee ::::: eu não tirei foto


Em cima da minha caminha, fica pendurada minha bolsa favorita


Atras da minha porta fica pendurado: Minhas bolsas, minhas mochilas, meus cintos e um boné que um amigo me "deu"



Minha penteadeira improvisada hahah






Minha comoda onde eu guardo minhas roupas, e também onde fica a minha tv, meu radio, e minha luminária sexy HAUHAUAH
Bom, algumas pessoas perguntam por que eu não tenho guarda-roupa etc. Na verdade, eu não gosto muito de guarda-roupa por que eu sou muito desorganizada então na comoda é mais fácil eu me organizar.


Meu mural lindo s2 ahahaha. Em volta eu coloco as fotos que eu mais gosto e tal (Tô sempre trocando) E no meio eu coloco alguns bilhetes/ lembretes de eventos e tal. E ah, tem também as estrelinhas onde todo mundo deixa recados pra mim s2 ahahh




Meu quarto é todo branquinho, mas tem essa parede (oposta a parede da minha cama) que é meio cereja. Onde eu penduro esses discos de vinil pra quebrar um pouco a feminilidade do rosa hahah 




Tem também minha estante. Que na parte de cima eu coloco livros, minha caneca de coleção de lápis  agenda, bolsinha de lápis  meu "pote de estrelas" e atras fica uma caixinha cheia de cartas *u*
E embaixo, uns produtinhos de beleza, perfumes, cremes, esmaltes e minha caixa da câmera.





Meus livros favoritos, entre eles, claro o DDQ!


Minha coleção de lapis e canetas


Meu pote de estrelas ahahah, a maioria das pessoas que me visitam pegam uma dessas estrelas escrevem alguma bobagem e pregam no meu mural




Minha porta cheia de colagens e meu espelhinho ahaha

VAMOS FALAR DE MAKE? HEHEHE


Paleta de 88 cores 3D, que ganhei de dia das crianças do meu pai


Alguns rimeis da minha "pequena" coleção ahaha


Alguns dos meus pinceis pra make e tal


Meu batom favorito da MAC


SIM esse é o meu óculos de grau, acho ele mega estiloso com essa pegada anos 80, um aviador meio quadrado e tal. Mãas, ele ta imundo ):


Um espelho duplo (aquele que parece que tem grau em um dos lados) mega vintage que comprei numa lojinha de presentes aqui perto, por apenas R$ 11,90


VAMOS AGORA FALAR DOS DETALHES...


Bom, essa abobora eu roubei no aniversario de um alguém, que significa tudo pra mim, hoje. Mais pra frente eu conto aqui sobre. E dentro dela eu guardo todos os cabos, carregadores e pecinhas pequenas dos meus eletronicos HAUAHUA


Essa luminária  tava jogada no meio da bagunça do meu pai e eu resgatei ela e hoje não dou, não empresto e não deixo nem tocarem nela. Virou minha filha. Ah e ela lembra bastante aquela luminária da PIXAR (Toy Story gentem)


Esse pingente eu ganhei de um hippie quando eu tava no Duelo de MC's ali no viaduto Santa Tereza, achei uma graça.


Um cartão que ganhei junto com meu primeiro buquê de flores, de um quase namorado...


Um "boton de pano" que ganhei na minha loja favorita ali na Savassi. Ah e ele virou meio que uma indireta pra foto que ta do lado, mas enfim ahaha

Nada a declarar sobre isso, apenas leiam o papel *---------------------------------*


PRIDE, meu cartãozinho, e PARIS *-------------------*


Bom essas duas frases, eu ainda pretendo tatuar, elas são meio que um "norte" na minha vida. E Elas significam "Continue suportando" e "Nunca afundar" e eu tenho um amor incondicional por quem me disse essas duas frases uma vez e isso me marcou muito... então....



APENAS LEIA!



Instagram é vicio, Depois dos Quinze já é vida ahahah



Pra finalizar com chave de ouro, minha parte favorita do Livro Depois dos Quinze!

Bom meninas, acho que é isso mesmo. Eu disse no começo que meu quarto não era grande e nem tinha nada de mais, mas espero que tenho gostado.
Ah e deixem nos comentários o que vocês mais gostaram e tal ;)
Beijo da gorda ;)                              
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...